Falar com Deus

Posted by
“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.”
Filipenses 4:6
Quando aconteceu a queda no Jardim do Éden, uma das primeiras consequências que o homem experimenta depois que adquire o conhecimento do bem e do mal, foi a perda do privilégio de compartilhar da presença física de Deus. Hoje experimentamos uma sombra, e não fazemos ideia do que era essa comunhão, hoje só podemos olhar aos céus e pedir que Ele se lembre o que um dia experimentou e nos proporcionou, e nos dê o privilégio de dizer que podemos falar com Deus.

Falar com Deus é uma expressão que denota intimidade e tratar de regras me parece pouco interessante nesse caso. Como disse o Apóstolo Paulo aos Gálatas “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.” (Gálatas 4:4-6) Falar com Deus é falar com esse Deus que inundou nossos corações com o Espirito que clama “Aba, Pai” e nos deu o privilégio de sermos seus filhos por adoção por intermédio de Cristo. Alias Aba, Pai é o modo como Cristo  se dirige ao Pai quando fala com Deus no Getsemani: E dizia: “Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, mas sim o que tu queres” Marcos 14:36.
Apesar do tom pouco formal, Segue alguns conselhos e referências sobre falar com Deus

  • Enos, primeiro a invocar o Nome do Senhor, Gn.4:26
  • Sua prática é uma necessidade universal, Sl.65:2
  • O templo a Deus é um local para falar com Deus,  Is.56:7
  • Jesus orienta como se deve falar com Deus, Lc.11:2
  • O Espírito Santo ajuda o salvo a falar com Deus, Rm.8:26-27
  • Quando feita por um salvo, é preciosa, Ap.5:8
  • Quando feita por um salvo, é adorativa, Ap.8:3
  • Buscai ao Senhor e o Seu poder, continuamente, 1Cr.16:11
  • Voltai para o Senhor, pedi perdão e reconciliação, Os.14:2
  • Pedi, buscai e batei, ore e sereis respondido, Mt.7:7
  • Vigiai e orai para que não entreis em tentação, Mt.26:41
  • Orem sempre sem nunca esmorecer, Lc.18:1
  • Vigiai em oração para escapar da tribulação, Lc.21:36
  • Peçam e recebam em nome de Jesus, Jo.16:24
  • Orai todo tempo no Espírito, pelos santos, Ef.6:18
  • Não sejam ansiosos, mas orem com ações de graças, Fp.4:6
  • Perseverem na oração com ações de graças, Cl.4:2
  • Orai sem cessar, em todo o tempo, 1Ts.5:17
  • Orem em todo lugar, com mãos mansas, 1Tm.2:8
  • Oore e cante com os aflitos e os alegres, Tg.5:13
  • Aguardem a volta de Jesus, orando, 1Pd.4:7
  • Moisés adocicou uma fonte de água, Ex.15:24-25
  • Gideão pediu o velo enxuto como sinal, Jz.6:36, 40
  • Manoá pede orientação de Deus por um anjo, Jz.13:8-9
  • Ana pediu um filho em sua esterilidade, 1Sm.1:27
  • Samuel pede vitória contra os filisteus, 1Sm.7:9-10
  • Salomão pede que Deus abençoe o templo construído, 1Rs.9:3
  • Elias pede o fogo para queimar o holocausto, 1Rs.18:38
  • Israel gemia debaixo da escravidão no Egito, Ex.2:23
  • O povo temia os exércitos de faraó se aproximando, Ex.14:10
  • Moisés se amedronta com a rebeldia do povo de Israel, Ex.17:4
  • O povo pede um líder militar contra seus inimigos, Jz.3:9, 4:3, 6:7
  • Samuel pede pelo povo dominado pelos filisteus, 1Sm.7:9
  • O rei Asa pede ajuda na guerra contra Zerá, 2Cr.14:11
  • O salmista pede auxílio à sua alma deprimida, Sl.61:2

Como falar com Deus?

Não vejo regras, apesar de diversas pessoas olharem para a bíblia e destrinchar diversas maneiras de fazer isso seguindo certos passos, mas a verdade é que não existe jeito certo. Ajoelhado, calmo, nervoso, em panico, com fé, sem fé, cheio de dúvidas ou cheio de certezas. Falar com Deus tem o propósito de criar comunhão e refazer, mesmo que como uma pequena sombra, a comunhão perdida com a queda.
Só existe uma regra. Fale. Diga como se sente e o que você precisa, o que te aflige, pelo que é grato, porque está recorrendo a Ele. Falar com Deus não precisa de regras, mesmo que criemos diversas na tentativa de ser sempre atendidos como uma receita para o bolo perfeito. Nos debruçamos sobre o Pai Nosso e tentamos seguir o roteiro de Jesus, mas a verdade é que a Bíblia ou a vida dos seu personagens são um testemunho, é o compendio de experiências vividas com Deus ao invés de um conjunto de regras a serem seguidos.

Por que falar com Deus.

No meu caso falar com Deus é o mais útil pra me conhecer e o modo como Deus me trata. Sempre que tenho uma necessidade e vejo a necessidade de uma intervenção divina, coloco diante Dele minha aflições, desejos e gratidões. Quando preciso que Ele intervenha e me conceda alguma dádiva como um fechamento de contrato ou o aumento do trafego desse blog coloco diante Dele meus pedidos e deixo que Ele decida qual será o desfecho. Caso seja positiva a resposta, agradeço pela sua bondade e graça. Se negativa, procuro os malefícios que meu pedido atendido traria para minha vida, ou o que de bom essa negativa me trouxe. Claro que digo isso para pessoas de mesma crença que eu e não espero que pessoas não cristãs as compreendam.
Ter em mente duas verdades ajuda a lidar com as possíveis respostas a um pedido feito a Deus. A primeira está em Romanos 8:28: “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” Esse verso me atendeu muito quando recebi alguns “nãos” de Deus (um deles você pode ver aqui)
A outra verdade é que “ainda que tropece, não cairá, pois o Senhor o toma pela mão.
Já fui jovem e agora sou velho, mas nunca vi o justo desamparado, nem seus filhos mendigando o pão.” Salmos 37:24,25. Esse texto deixa claro que quando falamos com Deus e este resolve não vir a favor do nosso pedido, esse mal que vemos coopera para o bem daqueles que amam a Deus e que mesmo que as coisas fiquem difíceis nossa subsistência será atendida.

Por fim…

Quando aconteceu a queda no Jardim do Éden, uma das primeiras consequências que o homem experimenta depois que adquire o conhecimento do bem e do mal, foi a perda do privilégio de compartilhar da presença física de Deus. Hoje experimentamos uma sombra, e não fazemos ideia do que era essa comunhão, hoje só podemos olhar aos céus e pedir que Ele se lembre o que um dia experimentou e nos proporcionou, e nos dê o privilégio de dizer que podemos falar com Deus e temos novo acesso a esse privilégio somente através de Cristo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *